Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casepaga

casepaga

01.09.16

A POLÍTICA COMO ELA É


antonio garrochinho


NÃO HÁ VIDA ORGANIZADA, VIDA SOCIAL, VIDA COM DIREITOS, SEM A RESPONSABILIDADE DOS CIDADÃOS QUE AUTOMATICAMENTE PARTICIPAM NA CONSTRUÇÃO DA SOCIEDADE, APOIAM, VOTAM OU MILITAM NOS PARTIDOS POLÍTICOS. ISSO PARA MIM É INQUESTIONÁVEL.
UM SISTEMA EQUILIBRADO TEM QUE TER VIDA POLÍTICA E OS QUE DELA PARTICIPAM ESTÃO CONSTRUINDO NOVOS DIAS, NOVAS FORMAS ORGANIZATIVAS ENTRE OS SERES HUMANOS.
AGORA PODEMOS OBSERVAR QUE EM DETERMINADAS ALTURAS O POVO MERECE ATENÇÃO ESPECIAL E OS PARTIDOS NÃO SE CANSAM DE LHE DAR RAZÃO.
OUTRAS PORÉM, O POVO PERDE A RAZÃO, ESTÁ EQUIVOCADO, E SE CONTESTA É CONFRONTADO COM AS MAIS DISPARATAS JUSTIFICAÇÕES CONDENANDO A SUA COMPREENSÃO E LEITURA DO FENÓMENO POLÍTICO.
DO PÉ PARA A MÃO A LÂMPADA DE ALADINO DÁ À LUZ GÉNIOS E SÁBIOS QUE TRATAM DE COLOCAR AS "COISAS" NOS SEUS LUGARES CONFORME A PREFERÊNCIA DOS MAGOS E DOS PROFETAS DA INTELIGÊNCIA.
MAIS NÃO ESCREVO.


António Garrochinho
Foto de António Garrochinho.

01.09.16

Incidentes com drones multiplicam-se no aeroporto de Lisboa


antonio garrochinho


 Drone passou a cerca de três metros de um avião militar esta quarta-feira 

O último incidente com drones envolveu um avião da Força Aérea Portuguesa Foto FAP São cada vez mais os registos de incidentes envolvendo drones no perímetro do aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. 

O último ocorreu esta quarta-feira e envolveu um avião da Força Aérea Portuguesa. De acordo com o Expresso a aeronave militar estava prestes a aterrar na pista 35 da Portela quando um drone passou a cerca de três metros do aparelho. A colisão foi evitada por pouco. O aparelho militar tinha descolado da base aérea Nº4, na ilha Terceira, nos Açores. 

O relato refere que o avião estava quase a tocar o solo com o trem de aterragem quando se cruzou com o drone. Esta sexta-feira o alvo de um destes pequenos aparelhos voadores foi um avião da TAP. O incidente aconteceu durante a aterragem em Lisboa quando um raio laser disparado a partir de um drone penetrou no cockpit atingido o co-piloto nos olhos. 

O tripulante reportou dores no olho esquerdo durante várias horas. O aparelho da transportadora nacional era proveniente de Roma, em Itália, e transportava 150 passageiros. 

Os casos são vários e cada vez mais frequentes. Em abril deste ano, registou-se outra ocorrência no aeroporto de Lisboa envolvendo um avião de passageiros procedente de Madrid. Foi em 2014 que os primeiros casos envolvendo veículos aéreos não tripulados junto às pistas do aeroporto de Lisboa foram relatados. 

Estas ocorrências mereceram a atenção do Instituto Nacional da Aviação Civil, mas continua a faltar legislação específica que regule a utilização dos drones.

http://www.cmjornal.pt/

01.09.16

Gang deixa escapar 750 mil euros em ouro


antonio garrochinho



Dois homens e uma mulher foram presos. 

Ladrões não viram fortuna em casa de angolanos.


Durante quatro meses, os ladrões assaltaram dezenas de vivendas e moradias milionárias nos concelhos de Cascais, Sintra e Oeiras, e na Margem Sul. 

Apoderavam-se de dinheiro e ouro, que depois enviavam através de agências de transferências de dinheiro para o país natal (Chile). Numa das casas, em Cascais, pertencente a um casal angolano ligado ao negócio do petróleo, os três assaltantes (dois homens e uma mulher) deixaram escapar inúmeras peças em ouro no valor de 750 mil €. Reviraram a habitação, mas não encontraram nada. 

Na terça-feira, ao princípio da tarde, depois de terem furtado mais duas casas (numa delas roubaram uma mala com computador), os três chilenos foram travados pela Esquadra de Investigação Criminal da PSP de Cascais. 

Os polícias fizeram buscas a dois quartos alugados apreendendo peças em ouro, dinheiro e telemóveis furtados. Um quarto membro do gang foi intercetado no aeroporto de Lisboa quando ia embarcar para o Chile. Foi constituído arguido. 

Os detidos estavam, esta quarta-feira à tarde, no tribunal de Cascais. O grupo entrou e saiu de Portugal pelo menos 3 vezes. 

Todos os membros usavam vistos de turistas com 30 dias de duração, alugando carros para os crimes. Normalmente um dos ladrões batia à porta das moradias. Se os donos estivessem em casa eram distraídos para dar tempo ao segundo assaltante para revirar a casa. 

Quando percebiam que eram identificados, mudavam a zona dos furtos. A PSP recolheu os depoimentos de várias testemunhas, que ajudaram a deter os ladrões.


VÍDEO





http://www.cmjornal.pt

01.09.16

BANHA DA COBRA


antonio garrochinho




OS DA BANHA DA COBRA VENDIDA NOS MERCADOS E NAS FEIRAS MESMO VENDENDO BATATA DOCE COZIDA COMO REMÉDIO PARA AS MALEITAS DO ZÉ POVINHO, NÃO FORAM TÃO PREJUDICIAIS COMO OS ACTUAIS CRIMINOSOS QUE DEVASTAM COM VIGARICES A HUMANIDADE..
ROUBARAM ESSES CHARLATÕES DE ANTIGAMENTE MEIA DÚZIA DE TOSTÕES AO QUE CAÍA NO CONTO DO VIGÁRIO.
OLIVEIRA E COSTA, DIAS LOUREIRO, DUARTE LIMA, RICARDO SALGADO, VARA,SÓCRATES, ISALTINO  E OS SEUS LACAIOS POLÍTICOS DESTRUÍRAM ESTE PAÍS LEVANDO GENTE AO SUICÍDIO À FOME E À MISÉRIA.

OUTROS VIGARISTAS MANDAM MATAR, OUTROS AINDA SÃO TÃO AMBICIOSOS QUE NEM A PRÓPRIA MÃE RESPEITAM.
É ISTO A EVOLUÇÃO ! É ISTO O FUTURO DA HUMANIDADE ?
É ISTO A EDUCAÇÃO, É ISTO A TÃO PROPAGADA GERAÇÃO DE GENTE QUALIFICADA QUE NÃO ROUBA MAIS PORQUE JÁ HÁ POUCO TRABALHO E GENTE PARA PRODUZIR QUE CHEGUE PARA SATISFAZER A GANÂNCIA E A ESCRAVIDÃO A QUE O POVO ESTÁ SUBMETIDO PORQUE NÃO PENSA, NÃO REAGE E SE ESTÁ CAGANDO PARA A FELICIDADE COMUM ?
António Garrochinho

01.09.16

Ex-espiões vendem serviços a políticos e empresários


antonio garrochinho




Secretas privadas disponibilizam serviços a "políticos ambiciosos". Um dos dirigentes foi quadro superior do SIED

Ex-espiões estão a dar apoio a políticos e empresários no domínio das gestão e recolha de informações. O ex-quadro superior do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa (SIED), Rúben Ribeiro, é um dos dirigentes da Intellcorp uma empresa recém-criada que vende serviços de intelligence - uma espécie de secretas privadas - a "políticos com ambição de ascensão a qualquer tipo de poder e a políticos já estabelecidos", mas também a "empresários que querem estar preparados para os desafios com que se comprometeram". O DN sabe que além do partner Rúben Ribeiro, cuja foto e curriculum está bem à vista no site oficial, há pelo menos outros dois ex-espiões entre os colaboradores que foram do SIED e outro do SIS.

A divulgação da empresa, a primeira em Portugal com estas características e que assume a participação de ex-espiões ainda não foi feita oficialmente, mas segundo David Santos, cofundador, "vai naturalmente chegar a políticos no ativo e a partidos". Por enquanto, assinala "estamos ainda numa fase low profile , apenas divulgando aos nossos contactos privilegiados". Apesar disso já começou a atingir os seus potenciais clientes, como políticos no ativo. "Posso confirmar que já temos alguns políticos e empresários clientes, em Portugal e no estrangeiro", admite David Santos, cujos nomes não revela "por uma questão de confidencialidade".

Este dirigente não esconde, até exibe, as vantagens de ter como colaboradores ex-espiões. "O que eles fazem é a recolha de informações, não só através de fontes abertas, mas também através dos canais próprios e contactos que têm. Conseguimos em poucas horas saber tudo ou quase tudo sobre alguém", garante.

Exemplo? "Imagine-se uma pessoa com ambições políticas, filiado em determinado partido. Neste caso ter à sua disposição um serviço de intelligence significa ter do seu lado uma empresa que é capaz de responder com clareza, por exemplo, quem é quem dentro dos ambientes com quem este indivíduo se cruza no seu dia a dia. É a possibilidade também de abrir canais, com contactos estratégicos na política ou até na cúpula da empresa para que trabalha para que o seu caminho seja mais fácil". Ou ainda: "um empresário que tem vindo a sofrer bastante com a concorrência pessoal ou empresarial de outro indivíduo, ou de um determinado grupo de interesses. Um bom serviço de intelligence aplicado a este contexto permitirá ao nosso cliente tomar consciência das fragilidades da empresa ou do indivíduo alvo, de modo a que este possa ser ultrapassado sem mais problemas", é explicado no site.

Um consultor de comunicação da área da política ficou "surpreendido" com a "frontalidade" da apresentação que recebeu no seu email. "É importante, na economia como na política, termos o máximo de informação de antemão sobre os decisores com os quais há ou irá haver um relacionamento. É útil a recolha de informação através de fontes públicas dispersas ou de testemunhos diretos, que deem informação sobre a vida profissional e os círculos em que se movem os mencionados decisores", explica João Villalobos. Considera "inovadora a forma como esta empresa se apresenta e a lista de serviços que presta, fora do território da consultoria de comunicação e antes no campo da segurança e da Intelligence, tal como a tratam os serviços de informação do Estado".

Quanto aos limites legais que esta atividade suscita, o constitucionalista e ex-presidente do Conselho de Fiscalização das secretas, Jorge Bacelar Gouveia, considera que a lei devia ser "mais apertada". Por um lado, assinala, "é um serviço que se assemelha ao dos detetives privados, uma atividade que não está legislada e permite alguma liberdade de ação". Por outro, "apesar de os ex-espiões estarem sujeitos a um período de "nojo" até aos cinco anos antes de irem para o privado, é de muito difícil controlo saber que segredos, contactos, fontes, trouxeram dos serviços e utilizam os ex-espiões e que estão sujeitos à lei do segredo de estado".

www.dn.pt

01.09.16

Destituição de Dilma gera protesto de milhares


antonio garrochinho




Depois de conhecida a decisão de afastar Dilma, milhares de pessoas saíram à rua para protestar. O centro de São Paulo transformou-se numa "zona de guerra". Dez manifestantes foram detidos.



Um protesto contra a destituição de Dilma Rousseff com milhares de pessoas no centro de São Paulo, no Brasil, transformou-se, ontem, num cenário de guerra, com episódios de vandalismo e gás lacrimogéneo lançado pela polícia.



A manifestação foi marcada nas redes sociais e começou por volta das 18:00 (22:00 em Lisboa) junto ao Museu de Arte de São Paulo.

A concentração começou de forma pacífica, com os manifestantes a saírem da Avenida Paulista em direção à Rua da Consolação, onde se verificou então uma forte reação da polícia, que lançou dezenas de bombas de gás lacrimogéneo sobre os manifestantes. Os manifestantes responderam com fogueiras de lixo na Rua da Consolação, transformando a zona num cenário de guerra.

Uma fonte policial explicou à agência Lusa que a reação das forças de segurança presentes no local, incluindo dezenas de agentes, se deveu a autocarros queimados nas ruas.



Além de gritarem "Fora, Temer", numa referência ao Presidente da República empossado na sequência da aprovação da destituição de Dilma Rousseff, a mesma frase foi escrita em prédios que não estavam a ser vigiados.

Pelo menos, uma pessoa ficou ferida durante o protesto. Os tumultos continuam noutras áreas do centro da cidade.

O Brasil chamou os embaixadores na Venezuela, Bolívia e Equador depois destes 3 países terem condenado a destituição de Dilma Rousseff.

A decisão dos senadores brasileiros provocou ainda protestos em frente ao consulado brasileiro em Nova Iorque.
www.tsf.pt

VÍDEOS



01.09.16

As lâmpadas de halogéneo começam, esta quinta-feira, 1 de setembro, a ser descontinuadas em Portugal, assim como nos restantes Estados-membros da União Europeia.


antonio garrochinho




01.09.16

lobotomia


antonio garrochinho

O JORNALIXO PORTUGUÊS É O MAIOR DEFENSOR DE EGAS MONIZ O HOMEM NOBEL DA LOBOTOMIA.
TODOS OS CIRURGIÕES, ENFERMEIROS, DOS MEDIA EM PORTUGAL SÃO AUTÊNTICOS CRIMINOSOS QUE DEVERIAM (MUITOS) ESTAR ENCARCERADOS PELOS DANOS, MISÉRIA INFELICIDADE QUE CAUSAM AOS PORTUGUESES.
SEMPRE SALVAGUARDANDO OS VERDADEIRAMENTE HONESTOS, HOJE EU SOU UM INIMIGO DESSA CORJA QUE ESCREVE PARA ENVENENAR E DESTRUIR A VIDA DAS PESSOAS.
NÃO LHES TENHO RESPEITO ALGUM !
António Garrochinho

01.09.16

SEM PAPAS NA LÍNGUA


antonio garrochinho


NESTE SOLO PÁTRIO, OU NESTA TERRA MÁTRIA (LINGUAGEM À MEDIDA E DA PREFERÊNCIA DO BE), ANDA TODA A GENTE A LUTAR.
LUTAR ? QUE LUTA ?

QUE LUTA A NÃO SER A SUA PRÓPRIA REALIZAÇÃO !
ILUDINDO E MENTINDO AOS INCAUTOS. INVENTANDO MERDICES, PALAVRAS, LEIS, CUIDANDO DA SUA VIDINHA, TENDO POSIÇÕES COMPLETAMENTE DÍSPARES E INCOMPREENSÍVEIS EM TERMOS DE SOLIDARIEDADE, E DE ENTENDIMENTO DO MUNDO,FORMANDO GRUPINHOS ELITISTAS ONDE UNS SÃO MELHORES DO QUE OS OUTROS E ONDE A DESOBEDIÊNCIA MESMO QUE SEJA JUSTA É SEMPRE REPRIMIDA E CONTESTADA PELO CARNEIRISMO CEGO E SECTÁRIO, EU ESTOU DESILUDIDO E NÃO TENHO DÚVIDAS ALGUMAS QUE AINDA HÁ MILHÕES QUE NÃO SOFREM DA CEGUEIRA POLÍTICA QUE NOS TÊM VINDO A IMPOR À ESQUERDA E À DIREITA.
O MUNDO MUDA, O MUNDO EVOLUI, E TEMOS QUE ACEITAR ESSAS REALIDADES, E A SOLIDARIEDADE, HONESTIDADE, A NOSSA CULTURA TEM QUE ACOMPANHAR A REALIDADE.
VÃO LÁ LADRAR AOS BANDIDOS, E DEIXO AQUI UM AVISO.
PESSOAS INTELIGENTES AINDA EXISTEM E AOS QUE NÃO TÊM UM MÍNIMO DE CULTURA E DE RESPEITO PELO POVO, ATIREM-SE AO MAR !
António Garrochinho

Pág. 74/74