Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casepaga

casepaga

01.03.18

Tornado vira barcos e causa danos em carros e esplanadas na Doca de Faro [com fotos e vídeo]


antonio garrochinho

vídeos











Um tornado de fraca intensidade ocorrido esta quarta-feira, cerca das 17h20, «virou cerca de uma dezena de barcos na Doca, destruiu vidros de carros e arrasou uma esplanada», revelou ao Sul Informação o capitão do Porto de Faro Cortes Lopes.

O fenómeno «foi muito rápido e veio do lado da Ria Formosa, levantando tudo à passagem», revelou Cortes Lopes. De tal forma que o Capitão do Porto de Faro não chegou a ver o tornado, apesar deste ter passado à porta do edifício da capitania. «Só ouvi um grande barulho, quando vim cá fora já só restavam os estragos», causados por «estilhaços que andavam no ar», disse.

Veja o vídeo publicado por José Costa no Facebook:

O tornado terá seguido para o interior da cidade de Faro, deitando árvores e ramos abaixo em várias zonas, nomeadamente junto ao Seu Café, onde diversos carros ficaram danificados pela queda de ramos, como apurou o repórter do Sul Informação no local.
Segundo revelou ao nosso jornal Bruno Gonçalves, meteorologista amador responsável pelo site Meteofontes, tudo aponta para que tenha ocorrido «um tornado de fraca intensidade».
O Capitão do Porto de Faro adiantou que não terá havido pessoas afetadas, pelo que a Autoridade Marítima não está, para já no terreno. «Agora, as pessoas terão de reportar os estragos materiais», nomeadamente os donos dos carros, dos barcos e da esplanada do bar Eme, «que ficou toda destruída, incluindo as portas de vidro».


 Clique no link abaixo em azul - Veja o vídeo de Frederico Farias, publicado no Instagram:

FOTOGALERIA















Fotos: Nuno Costa|Sul Informação e Ricardo Soares


www.sulinformacao.pt
350

01.03.18

Não Sr. Presidente, não temos nada que agradecer a Passos Coelho! Nada!


antonio garrochinho


Vindo do lado do PS não espanta, mas é necessário mesmo assim repudiar os circunstancialismos mentirosos. Ainda que, além de palmos de terra, os portugueses tenham o hábito de deitar elogios para cima dos esquifes, não se pode aceitar tal "rito" vindo de um presidente da AR. Enquanto foi deputado ou primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho nunca "serviu a causa pública"! Nunca! 

Pelo contrário, no exercício das suas funções, atacou sempre e o mais que pôde o Estado e os serviços públicos. Pugnou pelas privatizações de serviços essenciais, beneficiou o grande capital privado, condenou o povo a quatro anos de precariedade, cortou pensões, apoios e reformas, arruinou a vida de muita gente, desgraçou milhares de pequenas e médias empresas, foi peão da banca, dos banqueiros, da senhora Merkel e do BCE.
Foi, enquanto era ainda deputado, o cidadão que "se esqueceu" de pagar 5 anos de contribuições à Segurança Social, e enquanto primeiro-ministro o responsável que protegeu banqueiros enquanto mandava os jovens emigrar. O país nada deve, nem nenhuma consideração deve ter por Passos Coelho ou qualquer governante PSD/CDS do anterior governo. Foram anos negros que não serão branqueados, nem esquecidos! Nem mesmo que este PS queira ajudar a que isso aconteça, o que, pelos vistos, parece ser o caso!


manifesto74.blogspot.pt

01.03.18

Compromissos com a direita ou com os direitos dos trabalhadores, o desafio para Costa


antonio garrochinho

Jerónimo de Sousa denunciou atrasos no descongelamento das carreiras e na regularização dos vínculos precários na Administração Pública e questionou se o PS quer convergências com o PSD e o CDS-PP ou reforçar os direitos dos trabalhadores.




O secretário-geral do PCP abriu o debate com três questões sobre matérias laborais. Em relação à Administração Pública, questionou o primeiro-ministro com os atrasos sentidos na aplicação do descongelamento das progressões nas carreiras e na regularização dos vínculos precários.
António Costa, à semelhança dos últimos debates, deu respostas que ficaram «a menos de meio caminho» das soluções desejadas pelos comunistas. Apesar de, nas contas do Executivo, existirem 400 mil trabalhadores abrangidos pelo descongelamento, até ao final de Março serão apenas 42 mil e, em Abril, 80 mil. Recorde-se que as progressões estão legalmente descongeladas desde Janeiro, com a concretização de 25% da valorização remuneratória. Em Agosto entra-se na segunda fase, o aumento nas remunerações passa para 50% e ainda não se sabe quando vai chegar a todos.

Em duas semanas, PS tem que optar entre convergir com o PSD e o CDS-PP ou aprovar alterações à lei laboral

Já sobre a regularização dos vínculos precários, que Catarina Martins (BE) também levou ao debate, o primeiro-ministro justificou os atrasos reconhecidos na abertura dos concursos com a «complexidade» do processo por parte de alguns serviços e afirmou que estes vão começar a ser lançados apenas em Abril – enquanto, na lei, deveriam ter sido lançados até ao final de Janeiro.
O BE agendou para 7 de Março uma interpelação ao Governo sobre os atrasos na regularização dos vínculos precários e o PCP tem agendado para dia 14 a discussão de várias iniciativas sobre legislação laboral. Jerónimo de Sousa levou algumas dessas questões ao debate, como a revogação do banco de horas (que o PS apenas admite na sua forma individual) e o reforço dos direitos da contratação colectiva.

Fogos e privatizações mantêm populações sem telefone

O secretário-geral do PCP voltou a questionar António Costa sobre os atrasos na reposição das telecomunicações nas áreas ardidas, que já levou a que uma idosa viesse a falecer sem assistência. Jerónimo de Sousa defendeu o controlo público da PT, mas o primeiro-ministro voltou a isentar o seu Governo de responsabilidades, atirando-as para a entidade reguladora.
Mas também a imposição às autarquias da limpeza das áreas florestais até ao final de Maio foi amplamente criticada, tanto pelo PCP como por Heloísa Apolónia (PEV). A deputada ecologista lembrou que não foram disponibilizados meios às autarquias para darem resposta às exigências.
Assunção Cristas (CDS-PP) também tentou cavalgar o tema das florestas, mas o seu passado recente na tutela da pasta, durante o anterior governo, continua a persegui-la.

PSD saudoso de Passos

Na bancada do PSD o debate foi de entradas e saídas: o primeiro com Fernando Negrão como líder parlamentar e o último dia de Passos Coelho no Parlamento. Negrão não largou a possível entrada da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no capital da Caixa Económica Montepio Geral, mas a sua frase mais significativa foi dirigida ao antigo primeiro-ministro: «A história saberá fazer-lhe justiça.»



www.abrilabril.pt

01.03.18

EU SÓ TENHO UMA PÁGINA NO facebook.


antonio garrochinho


Falando verdade, e depois de ter sido bloqueado há uns anos por 28 dias por denúncia de um deputado do CDS reagindo a declarações fascistas que a besta fez sobre os estudantes dizendo que não deveriam ter direito a regalias sociais normais, coloquei na página o "focinho" da personagem com a suástica a maquilhar o rosto do ainda fascista e xulo de todos nós .

Também me dirigi a ele na sua própria página e onde O PRÓPRIO assumiu a denúncia chamando-me malcriado.

Vejam bem ! um xulo, um mentiroso, um vigarista que para singrar na vida acusa-me de malcriado enquanto me rouba a mim e a todos os portugueses qual Relvas, qual Passos, qual Cavaco, qual Dias Loureiro, qual Oliveira e Costa, qual Sócrates e Vara, qual Salgado, qual o puta que os fez..

Lembram-se de outro deputado do CDS com cara de bolinho de aniversário que disse que o povo é que obriga os políticos a mentir ?

Assim que publiquei o desenho, a montagem que fiz desse outro deputado que até tem um nome estrangeirado, não demorou mais que 10 minutos, e já o "livro das caras" me tinha proibido as publicações por quase um mês, para lá da perseguição e castigos sistemáticos que me levaram a fechar a página também derivado às publicações de um dos meus blogues Bobi o rafeiro algarvio".

Perdi contactos e amigos virtuais que depois recuperei (nem todos) e fiquei fulo com esta manobra fascista que quer a rolha e a cegueira e malvadamente tenta calar, deturpar os crimes e injustiças dos poderosos do nosso país e do mundo.

Reclamei e o facebook (tenho tudo arquivado e já aqui publiquei)) decidiu que eu deveria continuar com a página, coisa que eu não fiz tal a revolta que me deu destes censores e da corja pidesca e falsamente moralista que por aqui circula muitos sem fotos de identificação e perfis falsos.

A página estava debaixo de olho (queimada) e rara era a semana que não recebia castigos dos mais ridículos e absurdos dos quais fui dando conta e reclamando até que decidi anular a mesma.

Já fui bloqueado mais de uma dezena de vezes embora haja por aí nesta rede social quem diga que isso não é possível, e do que tenho afirmado, APRESENTEI sempre provas das minhas reclamações onde duas delas foram atendidas.

A primeira como disse, foi depois de eu tomar a decisão de fechar a página e reclamar dezenas de vezes.
o "face" resolveu" oferecer-me a benesse de continuar com a página antiga, já ela queimada e cheia de castigos e advertências como se eu fosse um puto de catequese perante uma beata frustrada e inconseguida.

Sucederam-se mais retaliações estúpidas que o face diz serem publicações contra as "regras da comunidade" e a última foi há cerca de dois meses onde me foi retirada a foto de perfil com a foice e o martelo logotipo do PCP.

Reclamei e continuo a reclamar, e tenho provas disso QUE OPORTUNAMENTE VOU AQUI APRESENTANDO e ainda não recebi qualquer resposta.

Depois disso já fizeram o mesmo com muitos outros camaradas, homens e mulheres por terem no perfil o emblema da sua preferência ideológica.

No entanto e como já disse atrás, ainda há quem não queira aceitar a ideia de que no facebook há censura MAS HÁ !

E a que existe é à esquerda, enquanto se permitem páginas nazis, páginas salazaristas, racistas, anticomunistas, páginas de ódio e lixo, vídeos pornográficos, e todo o tipo de tralha alienante e inútil que nunca é censurada, nem merece qualquer reparo da "tal comunidade" como dizem os porcos em pé que servem o capitalismo fascista e o imperialismo .

MAIS UMA VEZ REPOSTA A VERDADE, FIQUEM BEM OS QUE SÃO FRONTAIS E HONESTOS E QUE SE F#0&# OS CENSORES E OS XIBOS QUE POR AQUI PROLIFERAM.

António Garrochinho

Pág. 59/59