Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casepaga

casepaga

31.07.18

A ALDEIA AFRICANA ONDE CROCODILOS E HUMANOS VIVEM LADO A LADO PACÍFICAMENTE


antonio garrochinho

Em culturas de todo o mundo, os animais são reverenciados e até adorados. No hinduísmo, por exemplo, as vacas são valorizadas por sua natureza gentil. Mas nem todo animal sagrado é tão inofensivo; os crocodilos eram adorados no Antigo Egito, porque acreditavam que eles eram as encarnações vivas do deus Sobek. No entanto, você pode se surpreender ao saber que a deificação de crocodilos está longe da história antiga.

A aldeia africana onde crocodilos e humanos vivem lado a lado pacificamente
Em Burkina Faso, a apenas 30 quilômetros da capital de Ouagadougou, está localizada a pequena vila de Bazoule, onde seu povo -descendente de guerreiros mossis- escolheu o crocodilo do deserto (Crocodylus suchus) como seu totem.

VÍDEO
Embora Bazoule esteja localizada em um país sem litoral, ele possui seu próprio lago, onde residem 150 dessas criaturas extraordinariamente dóceis. Apesar da temível reputação dos crocodilos, os aldeões não têm problemas em conviver com eles. De fato, os mossis se aproximam ousadamente dos crocodilos para brincar; eles até se sentam e se deitam ao lado deles.
A aldeia africana onde crocodilos e humanos vivem lado a lado pacificamente
Como isso aconteceu? Lendas locais do século 15 atribuem a esses répteis a salvação da aldeia. Durante o auge de uma grave seca, os mossis foram levados a um lago oculto pelos crocodilos. Isso não só permitiu que os mossis sobrevivessem, mas também levou à fundação de Bazoule.

Os aldeões ficaram tão agradecidos com os crocodilos, que eles agora cuidam e vivem lado a lado com eles, fazendo funerais e enterrando-os após a morte, como fazem com seus entes queridos. Os mossis também fazem um festival comemorativo todos os anos em sua homenagem, o Koom Lakre. Não apenas os crocodilos são considerados protetores de Bazoule, mas também são vistos como adivinhos que concedem desejos, especialmente durante o Koom Lakre.
A aldeia africana onde crocodilos e humanos vivem lado a lado pacificamente

Parece que a veneração dos crocodilos valeu a pena; em mais de 70 anos, não houve nenhuma morte por ataque de crocodilo, nem mesmo uma. É normal que as mulheres lavem as roupas na água e coloquem as plantas por perto, já que é normal que as crianças brinquem também na água. Quaisquer mordidas que ocorrem são vistas como punições de seus ancestrais, não como um sinal de agressão dos répteis honrados.

VÍDEO
Naturalmente, esse estranho relacionamento atraiu muita atenção. Ao longo dos anos, os turistas visitam a aldeia, procurando vislumbrar esse vínculo improvável entre humanos e répteis. Os visitantes têm a oportunidade de comprar uma galinha, que um guia usará para atrair os crocodilos para fora da água. Você pode posar para fotos, e se você se achar corajoso o suficiente, pode imitar as crianças locais sentadas no lombo de um crocodilo.
A aldeia africana onde crocodilos e humanos vivem lado a lado pacificamente
A aldeia prospera com o turismo, mas infelizmente, nos últimos anos, uma insurreição jihadista na área afastou muitos potenciais visitantes. E este não é o único problema que Bazoule enfrenta; a vila também se encontra ameaçada pelo aquecimento global. A precipitação anual menor faz com que a lagoa -que os crocodilos sagrados chamam de lar- corra o risco de simplesmente evaporar. Talvez as lendas sejam verdadeiras, e quando isso acontecer, talvez os crocodilos levem os mossis a uma nova fonte de água?

VÍDEO
Embora possamos considerar os crocodilos como temíveis máquinas de matar que devem ser evitadas a todo custo, os mossis formaram um laço genuíno com esses répteis, chegando a proporcionar a eles funerais adequados quando morrem. Esse estranho relacionamento destaca como nossas interações com o mundo são resultado da criação e circunstância cultural: o monstro de um homem é a salvação de outro.
A aldeia africana onde crocodilos e humanos vivem lado a lado pacificamente
Curiosamente, este não é o único lugar onde pessoas e crocodilos vivem lado a lado, em harmonia. O povoado de Paga, uma pequena aldeia em Gana, também é famosa por tomar banho em um lago próximo com mais de 100 crocodilos. Os moradores afirmam que ninguém na vila foi atacado pelos crocodilos.

www.mdig.com.br
Fonte: Arab News.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.