Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casepaga

casepaga

01.09.17

Agora não dizem nada!


antonio garrochinho



" O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos advertiu nesta quinta-feira (31) que nos últimos meses centenas de civis foram mortos na cidade síria de Raqqa, durante bombardeios realizados pela coligação liderada pelos EUA.Entre os casos citados estão os bombardeios de 21 de agosto que atingiram as áreas residenciais de Al-Skhani e Al-Badu, matando 53 civis, incluindo 17 mulheres e 10 crianças."
Os nossos "missionários " dos direitos humanos que tão preocupados estiveram com os bombardeamentos russos não têm nada a dizer agora ? 
"De acordo com a entidade com sede em Genebra, esses ataques aéreos, feitos supostamente para aniquilar o Estado islâmico (EI), que ocupou a localidade do norte da Síria em 2013, aumentaram drasticamente em agosto, chegando a 1.094 ataques, quase o dobro dos registrados em julho (645).
O Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra’ad al-Hussein, declarou que a luta contra o terrorismo não pode ser realizada à custa da vida de pessoas inocentes"


foicebook.blogspot.pt