Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casepaga

casepaga

30.06.16

Atentado Casaco de inverno denunciou terrorista em Istambul


antonio garrochinho





Um dos terroristas do ataque de terça-feira ao aeroporto de Atatürk, em Istambul, levantou suspeitas a um polícia à civil, devido ao casaco demasiado quente que vestia.

Segundo informações veiculadas por vários meios de comunicação turcos, o polícia terá abordado um dos bombistas-suicidas para lhe pedir a identificação. O suspeito terá fingido que iria buscar a identificação a uma mochila, mas acabou por sacar de uma arma, disparando contra o agente.

O jornal "Hurriyet", citado pelo britânico "Daily Mail", vai mais longe e revela uma troca de mensagens entre vários agentes da polícia sobre o suspeito.


"Está a andar com um casaco com este tempo. Irmão, ele parece um ladrão, devemos segui-lo?", escreveu o agente. O polícia avançou para o suspeito e acabou baleado.

O suspeito disparou três vezes contra o agente e fugiu para outra zona do aeroporto, onde se fez explodir. As câmaras de vigilância do aeroporto de Atatürk registaram o ataque ao polícia, mas também vários momentos do triplo atentado suicida.

Imagens divulgadas esta quinta-feira mostram ainda os três terroristas, cujas nacionalidades foram divulgadas esta quinta-feira, a entrarem no aeroporto.

Segundo o governo turco, oito pessoas estariam envolvidas nos ataques atribuídos ao Estado Islâmico (EI), sendo que os três terroristas que se fizeram explodir no atentado seriam provenientes da Rússia, Curdistão e Uzbequistão.

O jornal "Hurriyet" identificou um dos três bombistas como Osman Vadinov, um checheno de origem russa. Vadinov terá alegadamente entrado na Turquia a partir de Raqqa, na Síria, o bastião do EI, organização que as autoridades turcas pensam estar provavelmente na origem do ataque.

Os atentados de terça-feira à noite no aeroporto de Istambul mataram 42 pessoas.

VÍDEO





http://www.jn.pt